GAL ADREPES RURAL apresenta avaliação intercalar até 2018 com resultados superiores aos contratualizados.

No primeiro trimestre de 2019 foram apresentados os resultados da Avaliação Intercalar do DLBC GAL ADREPES Rural associados à implementação da Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL) 2014-2020 definida para a Península de Setúbal, tendo a ADREPES cumprido os indicadores e metas contratualizados para 2018.

Esta avaliação conciliou quer a vertente quantitativa dos projetos aprovados, através da análise de 186 candidaturas (112 FEADER, 39 FEDER e 35 FSE) que representam um investimento global de 4,8 M€, um cofinanciamento de 2,2 M€ e a criação de 59 postos de trabalho quer a vertente qualitativa através de entrevistas a stakeholders, inquéritos a 20% dos beneficiários e recolha e sistematização de informações em reuniões e workshops.

Dos resultados desta avaliação destacam-se não só os contributos dos projetos aprovados no âmbito da estratégia definida como também os mecanismos de execução da abordagem LEADER/DLBC, os fatores críticos e de sucesso da implementação do DLBC Rural e o valor acrescentado para o desenvolvimento da Península de Setúbal.

Como principais aspetos positivos a ter em linha de conta, destacam-se, entre outros : o apoio à criação de emprego na região; a promoção e a valorização da imagem da Península de Setúbal; a diversificação da economia local e o reconhecimento da importância da ADREPES enquanto gestora de fundos. Como principais apontamentos negativos, identificam-se: a incoerência entre a estratégia desenhada e a materializada; a excessiva burocracia dos procedimentos de acesso aos fundos; a inexistência de um sistema multifundos e a inadequação dos fundos à estratégia, sobretudo ao nível do FSE.

Nos próximos meses a execução da EDL entrará em “velocidade de cruzeiro”, com 80% do financiamento comprometido, surgindo assim como principais desafios a execução efetiva dos projetos em curso e a preparação do próximo Período de Programação 2021-2027, alicerçada na Estratégia 2030 de Lisboa e da Europa que se espera mais alinhada com a implementação de programas de desenvolvimento local desenhados de acordo com a abordagem LEADER (bottom up) no contexto específico da Península de Setúbal e no reforço da participação dos atores locais.

 

Para mais informações contacte:

adrepes@adrepes.pt

212 337 930