UE promove pesca sustentável no Mediterrâneo na conferência de alto nível sobre as iniciativas MedFish4Ever

Os países que circundam o Mediterrâneo reuniram a 11 e 12 de junho em Marraquexe, Marrocos, para a conferência de alto nível da Comissão Geral das Pescas do Mediterrâneo sobre o restabelecimento de uma pesca racional nesta importante bacia marítima. A Declaração de Malta adotada em 2017 lançou um novo impulso para o desenvolvimento sustentável das pescas e da aquicultura no Mediterrâneo. Os países costeiros comprometeram-se com um roteiro de medidas concretas para os próximos 10 anos, tendo-se já alcançado progressos significativos, nomeadamente medidas ambiciosas de gestão das pescas, proteção da biodiversidade, melhoria da investigação e do controlo e intensificação da luta contra a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada. Apesar das melhorias na gestão das pescas, a situação do Mediterrâneo permanece crítica e são necessárias medidas adicionais urgentes para garantir o futuro das comunidades piscatórias.