Publicado em 01 de Abril de 2022

ASSEMBLEIA GERAL DA ADREPES

Decorreu no passado dia 30 de março, no Espaço Fortuna Artes e Ofícios, a Assembleia Geral da ADREPES, onde os associados discutiram e aprovaram, por unanimidade, o Relatório de Gestão de 2021.

O Presidente da ADREPES, Joaquim Carapeto, ressalvou a importância do trabalho realizado nos 20 anos de existência da associação, o cabal cumprimento e superação dos objetivos estabelecidos no Plano de Atividades e os ganhos relativos ao exercício apesar dos desafios e contínua adaptação às exigências decorrentes do contexto pandémico. O Presidente deixou uma mensagem de esperança e agradecimento aos atores locais pela sua capacidade de resiliência em encontrar soluções que permitiram continuar a desenvolver projetos, criar emprego e gerar dinâmicas na economia local. Ressalvou ainda a disponibilidade da ADREPES para continuar a trabalhar em rede, através do desenho de estratégias e soluções construtivas que contribuam para a resolução das problemáticas do território.

O Relatório de Gestão descreve a atividade da ADREPES no exercício económico de 2021 enquanto agente de desenvolvimento, merecendo particular relevância o financiamento de 267 projetos, que alavancaram 16 milhões de euros de investimento, 9,5 milhões de euros de financiamento e permitiram criar 163 postos de trabalho diretos no território de intervenção da Associação (Alcochete; Almada; Moita; Montijo; Palmela; Setúbal e Sesimbra). Ainda a destacar o cumprimento dos objetivos, pela ADREPES, ao nível do DLBC rural que permitiram assegurar a canalização de financiamento para o território durante o período de transição entre quadros comunitários, o que garante a continuidade dos apoios até 2025. Por outro lado, o reforço do orçamento do DLBC Costeiro em cerca de € 400.000 permitiu financiar todos os projetos em carteira. De ressalvar os resultados líquidos positivos pelo 5º ano consecutivo.

A Assembleia aprovou, também por unanimidade, um voto de louvor à Direção e Equipa Técnica da ADREPES, como reconhecimento do trabalho realizado em prol do território nos últimos 20 anos.

Apesar das incertezas face ao próximo quadro comunitário, a ADREPES, continuará a assegurar o cumprimento das estratégias delineadas para o futuro, apostando na resiliência económica, social e territorial.

Receba a nossa newsletter
Todos os direitos reservados © ADREPES